Programa de Pós-graduação em Estudos Estratégicos Internacionais

Linhas de Pesquisa

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO:

Segurança, Integração e Desenvolvimento

 

Política Internacional

        Esta linha de pesquisa enfatiza a análise do processo de formação, implementação e avaliação de política externa, tanto em perspectiva histórica quanto sincrônica. Destacam-se, no âmbito da linha de pesquisa, os estudos acerca da história da política externa brasileira no período republicano. Por meio de Análise de Política Externa Comparada, procura-se ainda confrontar padrões de inserção internacional de países estratégicos da América do Sul, África e Ásia, considerando como parâmetros de comparação os padrões institucionais, a política comercial dos países, estruturas de intermediação de interesses e atuação de grupos de interesses e outros atores da sociedade civil no eixo sul-sul das relações internacionais contemporâneas.

Professores vinculados: Paulo Gilberto Fagundes Visentini, André Luiz Reis da Silva, Analucia Danilevicz Pereira, Fabiano Pellin Mielniczuk, Fábio Costa Morosini, Sílvia Regina Ferabolli e Verônica Korber Gonçalves.

 

Segurança Internacional

          O tema central da linha de pesquisa é a relação entre a distribuição de poder entre as principais potências no mundo pós-Guerra Fria e as dinâmicas regionais de segurança. Compreender as bases regionais da segurança internacional é crucial para o Brasil, em função da prioridade concedida à cooperação sul-sul na política externa do país e também para a definição das expectativas, prioridades e padrões de relacionamento multilateral e bilateral em diferentes arenas do sistema internacional. O objetivo principal desta linha de pesquisa é estudar de maneira comparativa os principais problemas de segurança no sistema internacional a partir de uma perspectiva que leva em conta a agenda e a distribuição de capacidades entre os Estados mais poderosos no nível global de análise (Grandes Potências), mas que introduz de maneira sistemática o problema das balanças regionais de poder, o eixo sul-sul e a existência de complexos regionais de segurança. Uma condição variável que afeta as relações entre capacidade militar e segurança em torno do impacto das tecnologias de informação na Era Digital, tema que certamente merece um esforço de pesquisa especifico no âmbito dessa linha de pesquisa.

Professores vinculados: Marco Aurélio Chaves Cepik, Érico  Esteves Duarte, Eduardo Munhoz Svartman e José Miguel Quedi Martins.

 

Economia Política Internacional

          As pesquisas abarcadas por esta linha relacionam-se à questão da inserção internacional da economia brasileira e de outros grandes países em desenvolvimento na América do Sul, Ásia e África, as características e efeitos da globalização, estudos comparados, estudos setoriais preocupados com os efeitos da internacionalização de empresas e segmentos produtivos, a economia política do desenvolvimento e subdesenvolvimento, a fragilidade dos países menos desenvolvidos e suas formas de inserção internacional, a divisão internacional do trabalho e seus reflexos sobre os países pobres e de renda média, as relações entre Estados e mercados e entre poder e dinheiro, as crises financeiras internacionais e seus impactos nos países menos desenvolvidos, a cooperação comercial, produtiva e tecnológica entre os países, a mundialização do capital, o papel da agricultura no desenvolvimento socioeconômico, a economia política da sustentabilidade ambiental, dentre outros.

Professores vinculados: André Moreira Cunha, Andrés Ernesto Ferrari, Eduardo Ernesto Filippi, Luiz Augusto Estrella Faria, Fernando Ferrari Filho, Jacqueline Angélica Hernández Haffner e Marcelo Milan.

AfrikaansNederlandsEnglishFrançaisDeutschItalianoPolskiPortuguêsEspañol