Como entrar no Programa

População alvo e procedimentos de triagem

A população alvo será crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, de ambos os sexos, que procurem o Ambulatório do Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS através da triagem, como primeira consulta vinda dos Postos de Saúde de Porto Alegre ou como interconsulta dos demais ambulatórios do hospital e que apresentem suspeita diagnóstica de Transtorno Bipolar.

Em caso de projetos de pesquisa que necessitem de pacientes com características específicas a obtenção da amostra necessária será recrutada durante o período da investigação através de anúncios sobre o estudo que será fornecido à mídia de acordo com instrução normativa do serviço de pacientes externos do HCPA.

Critérios de Inclusão e Exclusão

Os critérios de inclusão para o Programa serão: a) idade entre 4 e 17 anos; b) suspeita diagnóstica de TB I ou II, SOE (Sem outra Especificação) ou DSH (Desregulação Severa do Humor) com ou sem comorbidade.

Os critérios de exclusão para entrada neste ambulatório serão: presença de diagnóstico de Transtorno Pervasivo do Desenvolvimento, Esquizofrenia, dependência ou abuso de substancias e sérios riscos de suicídio e/ou homicídio que impeça tratamento ambulatorial.

Tempo máximo de permanência no programa

O tempo máximo de permanência de cada paciente no PROCAB vai ser de dois anos e/ou o tempo necessário para completar todo o Protocolo de Avaliação. Eles serão então transferidos para a Rede Pública após estabilização.