Primeiro encontro da oficina Os Sentidos do Pão propõe produção coletiva e troca de experiências

 
 
 
Na última terça-feira, 21 de maio, o espaço Paineira do Centro Cultural da UFRGS reuniu mais de 50 pessoas para colocarem a mão na massa durante a oficina Os Sentidos do Pão. A atividade, marcada pela diversão e dinamismo, proporcionou a troca de experiências entre os presentes por meio da produção artesanal de pães. Os participantes se inscreveram em uma das três receitas propostas pelos padeiros do dia: Jane Tutikian, vice-reitora; Sandra de Deus, pró-reitora de Extensão; e o graduando Vini Gato Preto.

O evento contemplou uma diversidade de participantes, como Iara Martim e seu esposo José Martim, que ainda não conheciam o Centro Cultural. O primeiro contato dos aposentados com o espaço, acompanhados pela filha Shirley Martim, contribuiu para ampliar os conhecimentos sobre a feitura do alimento que marca os cafés da manhã da família. “Também faço pão em casa e tenho conhecimento, mas o meu conhecimento é antigo, por isso gosto de participar dessas novas coisas que estão aparecendo para a gente”, contou José.

A participante Marion Pegoraro também conheceu o espaço pela primeira vez por conta da oficina, a qual teve conhecimento através do Facebook. Animada com o pão produzido por ela, ressaltou: “O lugar é lindo, a questão cênica é maravilhosa e isso já mobiliza a questão do aprendizado. Colocamos a mão na massa e a massa precisa crescer nesse momento. Vou continuar em todas as oficinas!”

Além do primeiro dia de oficina, o Centro Cultural sedia mais sete encontros de Os Sentidos do Pão ao longo deste ano. Para mais informações sobre as futuras datas e inscrições, acesse este link. 

Confira algumas fotos do evento abaixo!

Deixe uma resposta

X