Acessibilidade – Incluir

Acessibilidade

Segundo a Lei Brasileira de Inclusão, de 2015, a acessibilidade se caracteriza pela possibilidade de permitir, à pessoa com deficiência, o acesso a um lugar ou conjunto de lugares, para que participem das mais diversas atividades, tendo acesso equânime aos produtos, serviços e à informação. Dessa forma, é promovida a inclusão e a extensão do uso dessas atividades em todas as parcelas presentes em uma determinada população, visando a sua adaptação e locomoção, por meio da eliminação de barreiras físicas e atitudinais.

Na arquitetura e no urbanismo, a acessibilidade tem sido uma preocupação constante na UFRGS. O Incluir articula-se com a Superintendência de Infraestrutura, ajudando a mapear os espaços e edifícios que necessitam de obras e intervenções para adequá-los às necessidades da PcD, visando eliminar os obstáculos existentes ao acesso, modernizando-o e incorporando as pessoas com deficiência ao convívio universitário, possibilitando sua autonomia.

Acessibilidade abrange também o acesso a todo e qualquer material produzido, escrito em áudio ou em vídeo. Para tanto, eles devem ser adaptados através dos meios que a tecnologia permite, seja através de computador com interface de acessibilidade, impressora Braille, linha Braille, lupa eletrônica, dentre outros; ou até mesmo por meio do desenvolvimento de material didático e pedagógico acessíveis, como materiais ampliados e táteis. Estes últimos são entregues pelos atendidos, formando um acervo, que pode vir a ser utilizado por outros atendidos.

Infraestrutura

As listas abaixo mostram as condições e intervenções realizadas para melhoria da acessibilidade nos prédios:

Intervenções com Acessibilidade

Acessibilidade Prédios

Intervenções com Acessibilidade

Materiais Adaptados

Planilha de Materiais já adaptados Incluir (2016)