UFRGS   |    Contato   |      Siga nas redes

Lançamento de livro

ÉMILE BENVENISTE: A GÊNESE DE UM PENSAMENTO, de Irène Fenoglio (2019)

 

AUTORA
Irène Fenoglio
ORGANIZAÇÃO
Valdir do Nascimento Flores, Verônica Galíndez e
Heloisa Monteiro Rosário
EDITORA
Editora UnB
https://loja.editora.unb.br/produto/981/emile-benveniste–agenese-de-um-pensamento
ISBN 9788523009564

 

 

 

SOBRE A OBRA

A definição comum de gênese, quando aplicada à ideia de pensamento, geralmente leva a crer que se busca explicar o desenvolvimento gradual desse pensamento. A gênese do pensamento de Benveniste que se delineia neste livro, embora não esteja em posição antagônica a essa, não poderia ser suficientemente compreendida se não se considerasse, também, que a autora do livro esforça-se para traçar a história do nascimento de uma obra, a partir de traços – manuscritos – antes desconhecidos do público. O livro reúne seis estudos de Irène Fenoglio sobre o acervo de manuscritos do linguista Émile Benveniste. Trata-se de um conjunto de trabalhos que, com base na crítica genética, busca recompor a gênese do pensamento de um dos linguistas mais importantes do século XX. O celebrado linguista recebe, assim, uma justa homenagem feita por uma especialista que não desconhece que a escrita diz muito de quem escreve, sem dúvida, mas
também de quem a lê. A autora é, hoje em dia, uma das principais especialistas na obra de Benveniste.
Recentemente, organizou, com Jean-Claude Coquet, a edição das últimas aulas de Benveniste no Collège de France, trabalho fruto de cuidadosa recuperação feita a partir de fontes manuscritas do linguista e de seus alunos à época. Os textos que integram esta coletânea retomam as últimas aulas de Benveniste e acrescentam informações nunca antes divulgadas em torno da obra do autor.

SOBRE A AUTORA

Irène Fenoglio é linguista, diretora de pesquisas no Instituto de Textos e Manuscritos Modernos (ITEMCNRS/ENS) da França. Sua pesquisa tem como foco, principalmente, a gênese da escrita contemporânea e a teoria da enunciação de Émile Benveniste. Publicou, entre outros: Une auto-graphie du tragique; les manuscrits de Les Faits et de L’avenir dure longtemps de Louis Althusser (2007), L´écriture et le souci de la langue (2007) e, com Pascal Quignard, Sur le désir de se jeter à l’eau (2011). Estabeleceu, com Jean-Claude Coquet, uma edição de manuscritos de Émile Benveniste: Dernières leçons: Collège de France 1968-1969 (2012); e dois livros em homenagem ao linguista: Autour d’Émile Benveniste (2016) e Émile Benveniste, 50 ans après les Problèmes de linguistique générale (2019).

SOBRE OS ORGANIZADORES

Valdir do Nascimento Flores é professor titular de língua portuguesa e linguística na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Interessa-se pela linguística de Saussure e pelo campo da enunciação. Publicou, entre outros, Dicionário de linguística da enunciação (2009), Introdução à teoria enunciativa de Benveniste (2013), Saussure e Benveniste no Brasil: quatro aulas na École Normale Supérieure (2017).

Verônica Galíndez é tradudora e professora de literatura francesa na Universidade de São Paulo (USP). Entre seus interesses, destacam-se a crítica genética, a teoria da enunciação benvenistiana, a literatura contemporânea francesa e a tradução literária. Publicou Fogos de artificio: Flaubert e a escritura (2009) e, com Irene Fenoglio, Pascal Quignard: littérature bors frontières. Traduziu com Leda Cartum O sexo e o assombro de Pascal Quignard (2015).

Heloisa Monteiro Rosário é tradutora e professora de língua francesa na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pesquisa, no campo da linguística da enunciação, especialmente a teoria de Émile Benveniste. Fez parte da equipe de tradutores de Últimas aulas no College de France, 1968 e 1969, de Émile Benveniste (2014). Organizou, em colaboração, o livro de Dominique Ducard Enunciação e atividade de linguagem (2013).