Formar professores, um gesto de resistência, de Daniel Bruno Momoli


Resumo: O gesto de resistência descrito neste texto é constituído pelo cruzamento de duas linhas de força que se entrelaçam: a primeira, consiste na confissão da pobreza de experiência de um professor formador de professores; e a segunda é uma problematização sobre a formação de professores como lugar de resistência capaz de permitir a criação de formas outras de estar no mundo. Tal tessitura se abre para uma segunda problematização em relação ao que é vivido no Brasil desde o ano de 2016, e do quanto esse gesto de formar professores é uma atividade que, nesse momento, desafia a sociedade, na medida em que pode ser um lugar de instituição de novas formas de vida. São coisas diferentes colocadas em relação a partir do pensamento de Michel Foucault para fazer conversar entre si de um modo que seja possível transformar as nossas relações com a atualidade.

Palavras-chave: formação docente, subjetividade, experiência, política, ética.

 

Abstract: The resistance action described in this text is constituted by the crossing of two force lines that intertwine: the first consists in the confession of a poor experience by a teacher who forms teachers; and the second is a problematization about the formation of teachers as a place of resistance capable of allowing the creation of other ways of being in the world. This opens up a second problematization in relation to what has been lived in Brazil since the year 2016 and how this gesture of teacher training is an activity that currently challenges society as it can be a place for instituting new forms of life. They are different things put into relation from the thought of Michel Foucault to make talking possible among themselves in a way that it is possible to transform our relations with the present time.

Keywords: teacher student, subjectivity, experience, politics, ethics.

 

MOMOLI, Daniel Bruno. Formar professores, um gesto de resistência. Revista Digital do LAV, Santa Maria: UFSM, v. 11, n. 3, p. 67 – 81, set./dez. 2018. Acesse aqui

 

Imagem em destaque: “A destituição da experiência de um professor formador de professores” (2017). A montagem foi elaborada pelo próprio autor a partir de um arquivo formado com diferentes fontes datadas dos anos de 2015 e 2016 sobre “o massacre dos professores de Curitiba-PR”

 

 

 

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>