Projeto estimula troca de livros entre universidade e comunidade externa

*Conteúdo exclusivo online

Literatura | A Livraria Solidária prevê a doação dos livros arrecadados para bibliotecas comunitárias de Porto Alegre e região metropolitana
Foto: Rochele Zandavalli/ Secom

O cheiro de livro não deixa qualquer dúvida: há uma livraria na reitoria. No saguão do prédio, três estantes foram instaladas, nas quais cada um que passa pode depositar o seu exemplar de doação. O projeto Livraria Solidária é uma iniciativa do Escritório de Sustentabilidade da UFRGS em parceria com o sistema de bibliotecas da Universidade que visa doar livros arrecadados junto à comunidade. O projeto Redes de Leitura das Bibliotecas Comunitárias do Rio Grande do Sul reúne bibliotecas comunitárias de Porto Alegre e região metropolitana. Para atender às demandas, foi montada uma “lista de desejos” com os títulos mais solicitados pelas bibliotecas.

A ideia surgiu depois do sucesso da Loja Solidária, em parceria com o Shopping Total e a prefeitura municipal, que transformou o saguão da Reitoria em um espaço de troca de roupas. De acordo com a diretora do Escritório de Sustentabilidade, Andrea Loguércio, após perceberem que as pessoas doaram roupas quase sem uso, começaram a se perguntar se as pessoas não teriam livros em bom estado também. “Foi uma ideia conjunta com o pessoal da Biblioteca Central. ‘Se ao invés de a pessoa trazer roupas, ela doar livros?’ E a ideia evoluiu a partir disso”, completa.

O ambiente escolhido chama para a leitura, com pufes e poltronas localizados entre as prateleiras. As pessoas que passam com pressa pelo saguão param para olhar os títulos – às vezes, ao som do piano instalado em frente. Segundo Andreia, a escolha do lugar foi pensada para ser um local de convivência. “Ali chama por um espaço cultural. Você passa, pode ler um livro, ouvir um piano na hora do almoço”, conta.

Segundo a diretora, só nos três primeiros dias da Livraria Solidária foram arrecadados cinco caixas. “A universidade é isso, um espaço de cultura e parceria com as comunidades”, conclui. O projeto dura até abril de 2020 e posteriormente será levada a outras unidades do sistema de bibliotecas da Universidade.


Karoline Costa

Estudante de Jornalismo na UFRGS