Homenagem do CFMV ao Prof. David Driemeier

O  Conselho Federal de Medicina Veterinária – CFMV homenageou David Driemeier com a comenda “Ivo Torturella”, está comenda foi instituída em comemoração aos 50 anos do Sistema CFMV/CRMVs com o intuito de homenagear os profissionais que se destacam na Medicina Veterinária no Brasil. A FAVET parabeniza o Professor David pela sua grandiosa trajetória e dedicação para a Medicina Veterinária e a Faculdade de Veterinária da UFRGS.

 

Trajetória de David Driemeier.

David Driemeier cuidando de abelhas africanizadas, próximo de Porto Alegre (RS), não imagina que seu amor pelo campo começou ainda criança e nem que ele tem uma carreira bem-sucedida na Medicina Veterinária e como professor da área de patologia.

Nascido em Concórdia (SC), atualmente município de Arabutã (SC), ele conta que tinha vocação para agropecuária e que os pais valorizavam muito os estudos. A mãe de David foi sua primeira professora, da 1a a 4a série do primário.  Para dar sequência aos estudos e concluir esse primeiro ciclo, David caminhava no total 13 quilômetros por dia para ir às aulas, pois não havia transporte escolar. Já no secundário, estudou em um colégio agrícola. Além disso, desde menino ajudava o pai na roça, amansando bezerros para virar bois de tração   “Sempre gostei de animais, especialmente bovinos”, conta o atual professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Assim que se formou na Medicina Veterinária pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em Lages (SC), David foi trabalhar em uma cooperativa com clínica de grandes animais.  “Aprendi muito em dois anos. Até hoje, essa experiência ainda me auxilia em trabalhos de campo e no relacionamento com proprietários e colegas clínicos. Precisamos valorizar o setor primário. Tendo uma agropecuária forte a Medicina Veterinária será valorizada. À época, os questionamentos de diagnósticos corretos fizeram com que eu voltasse a estudar. Tive muito apoio dos professores Aldo Gava de Lages e Carlos Tokarnia, que conheci nesse período como clínico”, lembra.

Já para o mestrado, realizado na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), ele cita os professores Cláudio Barros e Severo Barros, que direcionaram a carreira dele para a patologia. “No Doutorado na Alemanha (Justus Liebig-Universität Giessen), recebi o incentivo dos professores Eugen Weiss e Knut Frese, patologistas renomados, que me ensinaram muito sobre diagnósticos de enfermidades de forma macroscópica e microscópica”, diz.

Desde 1994 como professor da UFRGS, David ressalta o apoio que recebeu da Faculdade de Veterinária e da própria universidade UFRGS para exercer bem seu trabalho. “Devo também muito aos meus alunos e orientados, e ex-orientados, que me auxiliaram nas pesquisas e na rotina de trabalho. Tenho muito orgulho de ter participado na formação de recursos humanos de destaque no Brasil.  Tenho ex-alunos orientados em diversas universidades do Brasil e no exterior”, relata.

Sobre a comenda que recebeu, David se diz extremamente honrado e valorizado na profissão. “Essa distinção é muito valorizada e nos incentiva a seguir em frente. O CFMV, com o apoio dos Conselhos Regionais (CRMVs), é fundamental para que a profissão possa ser exercida de forma adequada. Todos nós profissionais sentimos orgulho do nosso registro profissional, que nos credencia a assinarmos resultados de exames e atestados”, afirma.

Fonte: portal.cfmv.gov.br