Arquivos da categoria : Artistas


Lorenza Böttner: a potência de um corpo que perturba

  Uma recente exposição em Barcelona, no Centre de la Imatge La Virreina, intitulada “Requiem por la norma”, coloca luz sobre a obra da artista Lorenza Bottner que, segundo o curador Paul Preciado, “aparece hoje como uma contribuição indispensável a crítica da normalização do corpo e do gênero ao final do século XX”. Antes, a […]

Lorenza Böttner, Face Art, Kassel 1983.

A “campanha publicitária” nas ruas de Rosário, 1968.

TUCUMÁN ARDE! : arte e política na América Latina

  Ao buscar na internet algo sobre arte contemporânea, o que vem em primeiro plano são manifestações europeias e norte-americanas. Tais narrativas, frequentemente tornadas hegemônicas, são apenas uma das leituras possíveis para a história da arte recente. Na América Latina, como definição geográfica, cultural e política que responde mais diretamente ao que vivemos, também existem proposições […]


A DELICADEZA SELVAGEM E VISCERAL DE ANA TERESA BARBOZA

Entre a aparente delicadeza de linhas traçadas a lápis ou bordadas com fios, a artista peruana Ana Tereza Barbosa dá vida a intensos corpos animais, humanos e não humanos, que compõem a série Animales Familiares (2011-2012). Corpos que transbordam pulsões e afetos, e que movimentam sutis tensões e provocações estéticas e éticas. Na série, a artista […]

Grafito y bordado en tela. 130 x 102 cm 
2011

Imagens retiradas da página do facebook do artista (https://www.facebook.com/antonioaugusto.bueno).

ANTÔNIO AUGUSTO BUENO, O ARTISTA DOS ENCONTROS MÍNIMOS COM A NATUREZA

  Perambular, caminhar, deslocar-se, observar, coletar, recolher, organizar. Gestos de um artista em disponibilidade com os encontros entre a arte e a natureza. Um flâneur em busca de derivas poéticas pela cidade, que guarda nos bolsos do casaco ou no carrinho de feira aquilo que escapa ao olhar acostumado: sementes, pequenos galhos, cascas de árvores, […]


Palavra-imagem-objeto: Marilá Dardot e seus limiares

Colher palavras. Plantar palavras. Cultivar palavras. Projetar palavras.   Palavras que são também imagens, que são também objetos. Imagens que são também palavras, que convidam à escrita, à leitura. Objetos que não se contentam em ser apenas ‘coisa estática’, mas são ideias em desdobramento, cri(ação) em movimento. Como seria assinar a autoria de um livro […]

A origem da obra de arte, 2011

20180427131036980299o

Expedição Catástrofe: por que escolas fecham?

Uma escola aberta tem barulho de criança, de professora, de sineta, de sirene, de brincadeiras, de aulas de matemática. Uma escola aberta tem cheiro de merenda na cozinha, de bala no recreio, de suor depois da aula de Educação Física, de tinta na aula de Artes. Uma escola aberta tem cor de giz no quadro […]


As constelações de Alexandre Sequeira: aproximações com o outro

Que histórias as pessoas contam? Que relações há entre fotografia e afeto? Com a sua câmera fotográfica, Alexandre Sequeira persegue histórias, como aquelas que ele contou na Série Nazaré do Mocajuba, de 2005, através de fotografias dos moradores impressas em tecidos que fazem parte do cotidiano de cada um deles: lençóis, redes, cortinas, toalhas. Há […]

Adriane, 2005. Da série Nazaré do Mocajuba. Fotografia Digital. c-print (impressão em papel fotográfico) 0,60 x 0,45 m

sonia

As mãos de ouro de Sonia Gomes: costura e memória

Por meio da costura, torções, confluências e união de arame, rendas, tecidos, papel, linhas, papelão, bordados a artista-artesã mineira Sonia Gomes tece sua obra. Artista natural de Caetanópolis (MG), Sonia faz arte para expressar que o instante vivido possa ser trazido novamente à vida. A artista explora o tempo buscando a espessura histórica que fica […]


El Anatsui – Quando eu escrevi para você sobre a África

  O que você sabe sobre a África? O que você sabe sobre esse imenso continente africano? E sobre as mil possibilidades da arte contemporânea africana? Há muito para saber e conhecer, além dos estereótipos e clichês que temos no Brasil , país que deve tanto ainda ao povo africano. Apresentamos neste texto um pouco […]

15veni600.1a (1)

From Here I Saw What Happened and I Cried, 1995-1996

“Daqui eu vi o que aconteceu”: arte e política com Carrie Mae Weems

      Daqui eu vi o que aconteceu… [com os negros na América do Norte, com os negros no Brasil, com as mulheres negras, com as crianças negras] … e chorei. O que aconteceu com todos nós diante da diáspora africana? O que somos capazes de ver, daqui onde estamos, diante da reprodução de […]