Arquivos da categoria : Artistas


YEGUAS DEL APOCALIPSIS: CORPOS EM ECLOSÃO E CRIAÇÃO DE NOVOS MUNDOS

  Não sabemos como e quando exatamente se iniciou a relação apocalíptica e insurgente de Pedro Lemebel com o artista Francisco Casas, e muito pouco temos informações sobre como surgem as Yeguas del Apocalipsis, em que os artistas incorporam versões femininas dos cavaleiros bíblicos do Apocalipse se autorretratando em diversas composições e personificações, numa eclosão […]

Registro: Pedro Marinello

Fonte: https://hammer.ucla.edu/radical-women/artists/victoria-santa-cruz/

Victoria Santa Cruz: existência e escuta das mulheres negras em arte e educação

O encontro entre educação e arte é múltiplo. Assume um espectro amplo que pode ir do ensino das artes visuais, aquele feito em escolas, à educação como prática artística, como vem fazendo a artista cubana Tania Bruguera, com a Escola de Arte Útil. Nessa multiplicidade, a confluência entre educação e arte gera um espaço fundamental […]


GRADA KILOMBA: feridas do colonialismo e desobediências poéticas

Quando Grada Kilomba se pronuncia, barreiras e fronteiras se rompem onde variações de ritmos, cores, sons, pesos, medidas, palavras vão se criando em espaços híbridos entre linguagens que se cruzam, se interpelam, se separam em formas múltiplas e dinâmicas. Palavras nos cortam, nos causam nós, fissuras densas e até mesmo insolúveis em suas encenações, vídeo-performance, […]

Fonte: https://www.bozar.be/nl/activities/108633-decolonizing-knowledge

Woman are heroes. Disponível em: https://www.jr-art.net/projects/women-are-heroes-brazil

JR e o sonho de dar visibilidade aos invisíveis

JR é um artista francês que mantém ocultas algumas informações sobre sua identidade. Em seu website consta apenas o seu pseudônimo e a informação que nasceu na França em 1983. Apresenta-se em público sempre com um chapéu e óculos escuros, reforçando um ar de misterioso. Ao mesmo tempo cria relações entre a sua personalidade e […]


Vidas negras, ironia e violência: a insurgência na pele de Sidney Amaral

    A cada dia, mais notícias do racismo estrutural que marca a sociedade brasileira, invade o noticiário. Podemos citar dois exemplos recentes e emblemáticos: os mais de 80 tiros descarregados pela polícia em um carro, cujo motorista negro levava a sua família a um chá de bebê, e que resultaram na sua morte e […]

Canto Para Ogum Litogravura em 6 cores Edição: 01/16 + 3 P.A.s 69 x 49 cm

Lorenza Böttner, Face Art, Kassel 1983.

Lorenza Böttner: a potência de um corpo que perturba

  Uma recente exposição em Barcelona, no Centre de la Imatge La Virreina, intitulada “Requiem por la norma”, coloca luz sobre a obra da artista Lorenza Bottner que, segundo o curador Paul Preciado, “aparece hoje como uma contribuição indispensável a crítica da normalização do corpo e do gênero ao final do século XX”. Antes, a […]


TUCUMÁN ARDE! : arte e política na América Latina

  Ao buscar na internet algo sobre arte contemporânea, o que vem em primeiro plano são manifestações europeias e norte-americanas. Tais narrativas, frequentemente tornadas hegemônicas, são apenas uma das leituras possíveis para a história da arte recente. Na América Latina, como definição geográfica, cultural e política que responde mais diretamente ao que vivemos, também existem proposições […]

A “campanha publicitária” nas ruas de Rosário, 1968.

Grafito y bordado en tela. 130 x 102 cm 
2011

A DELICADEZA SELVAGEM E VISCERAL DE ANA TERESA BARBOZA

Entre a aparente delicadeza de linhas traçadas a lápis ou bordadas com fios, a artista peruana Ana Tereza Barbosa dá vida a intensos corpos animais, humanos e não humanos, que compõem a série Animales Familiares (2011-2012). Corpos que transbordam pulsões e afetos, e que movimentam sutis tensões e provocações estéticas e éticas. Na série, a artista […]


ANTÔNIO AUGUSTO BUENO, O ARTISTA DOS ENCONTROS MÍNIMOS COM A NATUREZA

  Perambular, caminhar, deslocar-se, observar, coletar, recolher, organizar. Gestos de um artista em disponibilidade com os encontros entre a arte e a natureza. Um flâneur em busca de derivas poéticas pela cidade, que guarda nos bolsos do casaco ou no carrinho de feira aquilo que escapa ao olhar acostumado: sementes, pequenos galhos, cascas de árvores, […]

Imagens retiradas da página do facebook do artista (https://www.facebook.com/antonioaugusto.bueno).

A origem da obra de arte, 2011

Palavra-imagem-objeto: Marilá Dardot e seus limiares

Colher palavras. Plantar palavras. Cultivar palavras. Projetar palavras.   Palavras que são também imagens, que são também objetos. Imagens que são também palavras, que convidam à escrita, à leitura. Objetos que não se contentam em ser apenas ‘coisa estática’, mas são ideias em desdobramento, cri(ação) em movimento. Como seria assinar a autoria de um livro […]