Histórico

A história do IPH é indissoluvelmente ligada à da Escola de Engenharia (EE) (1896) da UFRGS.

Na década de 1950, o Departamento de Transportes e Vias de Comunicação (DTVC), da EE UFRGS era responsável na época pelas cadeiras de Portos, Rios e Canais, Estrada de Rodagem, Estrada de Ferro, Astronomia e Geodésia, Topografia, que compunha um conjunto didaticamente harmônico.

Chefe do DTVC em 1953, Prof. Adolfo Laranjeira Mariante, envia um ofício ao Diretor da Escola de Engenharia sugerindo a organização de um novo instituto dedicado às questões de Engenharia Hidráulica, principalmente da técnica do modelo reduzido.

Em paralelo a Secretaria de Obras Públicas do Estado do Rio Grande do Sul (S.O.P) estudava, melhorava e conservava a rede de rios e de lagoas navegáveis.

Os Serviços Hidrográfico e Melhoramento Fluviais, a Diretoria de Viação Fluvial, a Diretoria do Porto e Barra de Rio Grande eram os órgãos internos da S.O.P. e demandavam um laboratório ou um Instituto de Hidráulica.
Alguns dos engenheiros de maior responsabilidade de chefia nos mencionados serviços eram docentes na Escola de Engenharia da UFRGS.

Anos iniciais

A partir do ano de 1962 houve o fortalecimento do seu quadro de pessoal, através de estágios nos principais centros de Hidráulica Experimental, tais como:

  • Laboratório Nacional de Engenharia Civil/Lisboa;
  • Laboratório Nacional de Hidráulica/Chatou/França;
  • Escola de Engenharia de Delft/Holanda;
  • Escola de Engenharia de Grenoble/França

Tramita o Plano de Operações que regula a colaboração financeira entre o IPH e a UNESCO, para o fim especial de criação de dois cursos: mestrado e curso técnico em Hidrologia. (1969)

A aceitação do novo curso de mestrado em Hidrologia Aplicada foi um completo êxito nacional e internacional, como atestam as matrículas de alunos de diversos países, destacando-se: Argentina; Chile; Bolívia; Colômbia; Venezuela; Panamá; São Domingos e outros países.

 

Ex-coordenadores da Pós-graduação

1968 – Foi criado um Conselho de Professores formado pelos profs. José Leite de Souza (Diretor do IPH), Roger Berthelot, Adolpho Kurt Hanke, Mário Simões Lopes, Bruno Seibert de Rezende, Ruy Luz da Silveira, Rubem Léo Ungaretti, Victor Motta, Haralambos Simeonidis, Amadeu da Rocha Freitas e Walter Otto Cybis.

1969 – Ingressaram no Conselho os profs. José Gomes Franco, Poty Berny e Franz Semmelmann.

1970 a 1976 – Ingressaram no Conselho os profs. Eurico Trindade Neves, Neusa Gonçalves da Cruz, Lirian Fetter Furtado, Flávio Antonio Cauduro, Penido  Fontoura da Silva, Nelson Azambuja, José Carlos Grijó,  Mário Wrege, Antonio Eduardo Lanna, Paulo Dias de Castro Ramos, Marcos Imério Leão, Carlos Eduardo Tucci,  e Gilberto Valente Canali.

1977 – Prof. Antonio Eduardo Lanna

1978/ 1979 – Prof. Amadeu da Rocha Freitas

1980/1981 – Prof. Franz Semmelmann

1982/1983/1984 – Prof. Antonio Eduardo Lanna

1985/1986 – Prof. Nelson Luna Caicedo

1987/1988/1989/1990 – Prof. Franz Semmelmann

1991/1992 – Prof. Raul Dorfman

1993/1994 – Prof. Carlos Eduardo Tucci

1995/1996 – Prof. Luiz Olinto Monteggia

1997/1998 – Prof. Carlos Eduardo Tucci

1999/2000 – Prof. Antonio Eduardo Lanna

2001/2004 – Profª. Edith Beatriz Camaño Schettini

2005/2008 – Prof. Andre Luiz Lopes da Silveira

2009/2013 – Prof. Carlos Andre Bulhões Mendes

2013/2014 – Prof. David da Motta Marques

2015/2016 –

2017/2018 – Prof. Juan Martin Bravo

 

Ex-Diretores e Vice-Diretores

Diretores

1953 a 1957 – Egydio Hervé

1957 a 1960 – Arcy Cattani da Rosa

1960 a 1976 – José Leite de Souza

1976 a 1981 – Egydio Hervé Filho

1981 a 1984 – Marc Pierre Bordas

1984 a 1988 – Flávio Antônio Cauduro

1988 a 1992 – Marcos Imério Leão

1992 a 1996 – Lawson Francisco de Souza Beltrame

1996 a 1998 – Raul Dorfman

1998 a 2000 – Hélio Fernando Saraiva

2000 a 2004 – Luiz Fernando de A. Cybis

2006 a 2010 / 2011 a 2015 – André Luiz Lopes da Silveira

2016 – 2020 – Carlos André Bulhões Mendes

2020 – Edith Beatriz Camano Schettini

 

 

Vice-Diretores

1981 a 1984 – Rubem Léo Ungaretti

1985 a 1988 – Marcos Imério Leão

1989 a 1993 – Lawson Francisco de Souza Beltrame

1993 a 1996 – Raul Dorfman

1997 a 1998 – Hélio Fernando Saraiva

1999 a 2002 – Luiz Fernando de A. Cybis

2001 a 2005 – Luiz Emílio Sá B. de Almeida

2006 a 2010 – Dieter Wartchow

2011 – 2015 – Carlos André Bulhões Mendes

2016 – 2020 – Edith Beatriz Camaño Schettini

Ex-coordenadores do CTH

1970 – Adolpho Kurt Hanke

1971 a 1972 – Raul Dorfman

1973 a 1976 – Ruben Léo Ungaretti

1977 a 1978 – Raul Dorfman

1979 a 1981 – Marcos Imério Leão

1982 a 1986 – Lawson Francisco de Souza Beltrame

1987 a 1988 – Ruben Léo Ungaretti

1991 – Lawson Francisco de Souza Beltrame

1992 – Hélio Fernando Saraiva

1993 a 1994 – Raul Dorfman

1995 a 1996 – Hélio Fernando Saraiva

1997 a 1998 – Fernando S. Meirelles

1999 – Francisco de Souza Bragança

2000 a 2003 – Alejandro Borche Casalas

 

Top