Poloneses e Ucranianos em SC

BARRETO, Maria Theresinha Sobierajski. Os poloneses do Alto Vale do Rio Tijucas: um estudo de história demográfica. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História. Florianópolis, 1979.

BARRETO, Maria Theresinha Sobierajski. Poloneses em Santa Catarina: a colonização do Alto Vale do Rio Tijucas. Florianópolis: Ed. da UFSC: Lunardelli, 1983.

BENTHIEN, Muriélle Silveira Boeira. Poloneses da Colônia São Bento (1870-1930). Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História. Florianópolis, 2005.

BARRETO, Maria Theresinha Sobierajski. Os poloneses do Alto Vale do Rio Tijucas: um estudo de história demográfica. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História. Florianópolis, 1979.

BARRETO, Maria Theresinha Sobierajski. Poloneses em Santa Catarina: a colonização do Alto Vale do Rio Tijucas. Florianópolis: Ed. da UFSC: Lunardelli, 1983.

BENTHIEN, Muriélle Silveira Boeira. Poloneses da Colônia São Bento (1870-1930). Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História. Florianópolis, 2005.

EIDT. Paulino. Porto Novo: da escola paroquial ao Projeto de Nucleação. Uma identidade em crise. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 1999.

GOULART, Maria do Carmo Ramos Krieger. A imigração polonesa nas Colônias Itajahy e o príncipe Dom Pedro: uma contribuição ao estudo da imigração polonesa no Brasil Meridional. Blumenau Fundação Casa Dr. Blumenau, 1984.

GOULART, Maria do Carmo Ramos Krieger. Anotações de uma imigrante polonesa. Florianópolis: [s.n.], 1998.

GOULART, Maria do Carmo Ramos Krieger. Imigração polonesa em Brusque: um recorte histórico. Florianópolis: [s.n.], 1988 ([Florianópolis]: Impr. Universitária).

KOLLROSS, Izabel. Tópicos da imigração polonesa em Itaiópolis-SC. Monografia. Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas e Letras. Curitiba, 1997.

MACIEL, Myrna Estella Mendes. Língua de imigrantes: a língua polonesa na região Sul.- Mestrado em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Florianópolis. 2010

RODYCZ, Wilson Carlos. Os imigrantes poloneses da Colônia Lucena – Itaiópolis – Se um marreco pisar no gelo ele quebra. Porto Alegre: Rodycz& Ordakowski Editores, 2011.

SEYFERTH, Giralda. A assimilação dos imigrantes como questão nacional. Mana. PPGAS/UFRJ. v. 3, n. 1. abr. 1997.

TOKARSKI, Fernando. Escolas polacas. Revista História Catarina. Lages, v.4,n.4 , p.28-38, jul./set. 2007.

WACHOWICZ, Ruy Christovam. Saporski: Um pioneiro polono-paranaense. Projeções. Curitiba. v. 2, n. 2. 2000, p. 107-147. [Saporski atuou também em Santa Catarina, junto a imigrantes poloneses]

 

UCRANIANOS

TAMANINI, Paulo Augusto. Ortodoxos ucranianos em Papanduva-SC: entre práticas devocionais e renegociações culturais (1960-1975). Dissertação (mestrado) – Universidade do Estado de Santa Catarina. Mestrado em História, Florianópolis, 2010.