IEPE aponta variação positiva do Índice de Preços ao Consumidor em agosto

O Boletim Econômico do Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas (IEPE), de agosto de 2019, divulgado no dia 5 de setembro, expõe que o Produto Interno Bruto (PIB) teve variação positiva de 0,4% no segundo trimestre de 2019 em relação ao primeiro trimestre, na série com ajuste sazonal, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em valores correntes, o PIB totalizou R$ 1,780 trilhão no segundo trimestre de 2019. A análise conjuntural realizada pelo IEPE aponta que, deste total, R$ 1,523 trilhão é referente ao Valor Adicionado (VA) a preços básicos e R$ 256,9 bilhões são originados nos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC/IEPE), que é pesquisado semanal e mensalmente, teve variação positiva de 0,13% em agosto de 2019, após dois meses de percentuais negativos. O valor acumulado no ano já chega a 3,29%, e o valor acumulado nos últimos 12 meses a 4,09%.

Entre os itens de consumo e serviço pesquisados pela amostra do IPC/IEPE que mais influenciaram na sua configuração estão a luz, com aumento de 2,53% e o tomate, com redução de 18,83%. O preço médio da hortaliça em agosto foi de R$ 3,52 por quilo – em junho, o quilo custava em média R$ 5,41.

O documento aponta, também, a variação de 0,19% na inflação durante o mês de julho de 2019, apontada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE. São apresentados, além disso, dados sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o desempenho de diversos setores na economia.

O Boletim Econômico do IEPE pode ser consultado na página do grupo. Mais informações podem ser obtidas através do e-mail iepeipc@ufrgs.br ou do telefone 51 3308.3430.

Se você encontrou algum erro nesta página, por favor, preencha o formulário abaixo e clique em enviar.