Objetivos e Perfil de Ingresso

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PPGEQ) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em seus níveis de mestrado e de doutorado, tem como objetivo a formação de recursos humanos qualificados para a realização de pesquisas e o aprofundamento de estudos técnicos e científicos que contribuam para o avanço tecnológico e social do País. Como característica do programa, a prioridade é colocada na qualificação dos egressos. Além de produção científica, atenção especial é aplicada na qualidade da formação básica dos alunos. As disciplinas obrigatórias do programa são consideradas como de alto grau de dificuldade, mesmo que isto acabe por impactar no número de egressos em função de desligamentos por insuficiência de desempenho. Ainda dentro de seus objetivos, o PPGEQ promove em suas atividades a integração entre diversas áreas de conhecimento, bem como a integração das pesquisas com a indústria, outros centros de pesquisa e universidades nacionais e estrangeiras.

Já o grupo de professores tem como objetivo permanente a melhora na qualidade de publicações e também na concretização de ações que ampliem o crescimento sustentável e a internacionalização do programa. O programa tem enviado cada vez mais discentes em estágio no exterior e também recebido um crescente número de pesquisadores. Neste sentido, para uma melhor compatibilização dos cursos da UFRGS com outros similares, principalmente na Europa, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRGS, através da sua resolução 10/2014, reduziu a carga horária mínima para os cursos de mestrado e doutorado. Caminhando neste sentido, em reunião do conselho do PPGEQ, foi aprovada para vigorar a partir do ano de 2015, a redução do número mínimo de créditos para o mestrado de 24 para 18 e a redução do doutorado de 36 para 27. As disciplinas obrigatórias do curso foram mantidas, assegurando o rigor na formação de base. A experiência com esta alteração já está se mostrando mais acertada e será objeto de detalhamento em relatórios futuros. A busca por maior internacionalização foi e está sendo intensificada, assim como a ampliação da captação de recursos financeiros.

A área de concentração do PPGEQ é a de PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS, a qual é constituída pelas seguintes linhas de pesquisa:

  1. Projeto, Simulação, Controle e Otimização de Processos Químicos e Biotecnológicos;
  2. Fenômenos de Transporte e Operações Unitárias;
  3. Materiais da Indústria Química: Polímeros e Couro;
  4. Cinética Aplicada, Catálise, Reatores Químicos e Biorreatores.

O PPGEQ exerce um importante papel na formação de mestres e doutores para atuarem no mercado de trabalho, na indústria e em outras universidades e instituições. Cumprindo este objetivo, constata-se que os egressos do programa têm tido obtido excelentes índices de aprovação em processos seletivos e concursos como PETROBRAS, grandes grupos (BRASKEM, DOW, CHEMTECH, etc.) e empresas do Estado (por exemplo, indústria química e do couro), órgãos governamentais, de pesquisa, de saneamento e controle ambiental (ex. Ministério Público do RS, CIENTEC, FEPAM. CORSAN, INPI, etc.) e universidades públicas e particulares (ex. UFRGS, FURG, UNIPAMPA, PUC-RS, FEEVALE, UCS, UERGS, etc.). Em específico sobre os egressos do curso de doutorado, a grande maioria já está posicionada em alguma instituição de ensino superior. Como facilitador para o ingresso em uma posição de docente do ensino superior, muitos egressos assumem a posição de pesquisadores Pós-Doc. O PPGEQ conta no seu quadro com um crescente número de pesquisadores doutores recém-formados que possuem bolsas de Pós-Doc. Estes pesquisadores desempenham um papel importante na co-orientação de alunos de mestrado e IC nas diversas linhas de pesquisa do Programa e têm contribuído grandemente para o aumento do número de publicações. Além disso, ministram algumas aulas em disciplinas do Curso de Graduação em Engenharia Química e auxiliam na orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso.