Prêmios

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química tem recebido prêmios em primeiras colocações de melhor dissertação de mestrado e tese de doutorado do Prêmio Nacional de Pós-Graduação BRASKEM-ABEQ, evidenciando a qualidade dos trabalhos realizados, além de outros prêmios de grande relevância como os listados abaixo.

  • Menção Honrosa no Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia 2019. O professor Jorge Otávio Trierweiler é um dos pesquisadores agraciados da premiação, que neste ano abordou o tema “Indústria 4.0”.  O projeto “Avaliação, diagnostico e manutenção de controladores preditivos na Indústria 4.0” do docente do Departamento de Engenharia Química obteve menção honrosa na categoria Pesquisador Sênior.

  • Prêmio CAPES de Tese 2019. Cláudia Leites Luchese, pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em  Engenharia Química (PPGEQ/UFRGS), orientada por Isabel Cristina Tessaro e Jordana Corralo Spada, foi premiada com o Prêmio Capes de Tese 2019 na área Engenharias 2 com a tese “Desenvolvimento de embalagens biodegradáveis a partir de amido contendo subprodutos provenientes do processamento de alimentos”. A tese de Cláudia Leites Luchese já havia sido destaque no UFRGS Ciência, no Portal da UFRGS e no site do DEQUI em setembro de 2018.

  • 1º Lugar no Desafio Internacional GERDAU – Gerdau Digital Scrap Challenge 2019. A equipe do GIMSCOP/UFRGS, formada pelo Doutorando Jônathan W. V. Dambros e pelos professores Jorge Otávio Trierweiler e Marcelo Farenzena, dividiu a primeira colocação com time de Cabo Verde no Desafio Internacional GERDAU – Gerdau Digital Scrap Challenge, no qual concorreram 78 equipes dos mais diversos países.
  • Prêmio Jovem Pesquisador + FINOVA 2017. A aluna de Iniciação Científica Bruna Bonatto Buffon do curso de Engenharia de Energia da UFRGS, foi agraciada com o Prêmio Jovem Pesquisador 2017 da área das Engenharias, devido à apresentação do trabalho intitulado “Desenvolvimento de Sensor de Densidade Ótica para Monitoramento de Fotobiorreatores de Microalgas” sob a orientação do Professor Marcelo Farenzena do GIMSCOP-DEQUI (Grupo de Intensificação, Modelagem, Simulação, Controle e Otimização de Processos). O aluno de Iniciação Tecnológica Eduardo Rodrigues Poll do curso de Engenharia Química da UFRGS foi agraciado com o Prêmio FINOVA 2017 da área das Engenharias, devido à apresentação do trabalho intitulado “Tratamento de Efluentes de Tingimento por um Fungo Nativo” sob a orientação da Professora Mariliz Gutterres do LACOURO-DEQUI (Laboratório de Estudos em Couro e Meio Ambiente). O trabalho apresentado contou com a participação do Doutorando Santiago Ortiz-Monsalve em cuja linha de pesquisa iniciada em 2013, o graduando Eduardo R. Poll também recebeu o Prêmio FINOVA em 2015 com o trabalho “Processos acoplados de tratamento de efluentes”.

  • Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2017. O GIMSCOP/UFRGS + TriSolutions + PETROBRAS foram vencedores do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2017 na Categoria II com o projeto “Pilotos de Sistemas de Manutenção Preditiva do SSE”. O Prof. Jorge O. Trierweiler esteve representando o GIMSCOP / DEQUI / UFRGS na cerimônia em nome de toda a equipe do GIMSCOP incluindo os professores Marcelo Farenzena, Pedro Fernandes e Luciane Trierweiler e os alunos/pesquisadores que integram o projeto BrToolKits.

  • Prêmio Jovem Cientista em Couro IULTCS 2017. O doutorando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PPGEQ), Santiago Ortíz-Monsalve, recebeu o Prêmio Jovem Cientista em Couro IULTCS 2017.

  • Prêmio IULTCS Merit Award for Excellence in the Leather Industry 2017. A professora do Departamento de Engenharia Química Mariliz Gutterres Soares, coordenadora do Laboratório de Estudos em Couro e Meio Ambiente (LACOURO), foi a pesquisadora escolhida para receber o prêmio IULTCS Merit Award for Excellence in the Leather Industry 2017. O prêmio reconhece a trajetória de Mariliz, com mais de 30 anos dedicados a projetos especiais, pesquisas e desenvolvimentos na indústria de couro no Brasil.
  • Prêmio FINOVA 2016. A aluna de Iniciação Tecnológica Emily da Rocha do curso de Engenharia Química da UFRGS foi agraciada com o prêmio FINOVA 2016 da área das engenharias, devido a apresentação do trabalho sobre “Pirólise Rápida de Casca de Arroz em Leito Fluidizado” sob a orientação do Prof. Dr. Jorge O. Trierweiler e do doutorando Lucas Raymundo do GIMSCOP (Grupo de Intensificação, Modelagem, Simulação, Controle e Otimização de Processos).

  • Prêmio Jovem Pesquisador 2016. A aluna da Engenharia Química HELENA SCHNEIDER conquistou o Prêmio Jovem Pesquisador 2016 na Área das Engenharias no XXVIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS. A referida aluna foi orientada pelo professor Nilson Romeu Marcilio e pela mestranda Camila Gomes Flores. O trabalho de iniciação científica versou sobre “Síntese de zeólitas potássicas obtidas a partir da cinza do carvão e aplicação na agricultura”.
  • Prêmio Teses da UFRGS 2015. A tese premiada foi da pesquisadora Júlia Ribeiro Sarkis “Extração de compostos bioativos de tortas de nozes e sementes e aplicação de tecnologias elétricas no gergelim” que recebeu o prêmio do reitor, Carlos Alexandre Netto, do vice-reitor, Rui Vicente Oppermann, e do pró-reitor de Pós-Graduação, Vladimir Pinheiro. A tese premiada foi orientada pelas professoras Isabel Cristina Tessaro e Ligia Damasceno Ferreira Marczak.

  • Prêmio de Melhor Apresentação Oral do Simpósio Internacional ADCHEM 2015. O trabalho “Assessment of Model-Plant Mismatch by the Nominal Sensitivity Function for Unconstrained MPC” de autoria de Viviane Botelho, Jorge O. Trierweiler, Marcelo Farenzena e Ricardo Duraiski, recebeu o reconhecimento de Melhor Apresentação Oral (“Best Oral Presentation Award”) do Simpósio Internacional ADCHEM 2015 (“International Symposium on Advanced Control of Chemical Process” — http://adchem2015.org) realizado na cidade de Whistler no Canadá.
  • Prêmio Petrobras de Tecnologia 2013. O estudante do curso de graduação em Engenharia Química da UFRGS, Guilherme Braganholo Flôres, orientado pelo professor Rafael de Pelegrini Soares, conquistou o Prêmio Petrobras de Tecnologia 2012 (6ª Edição), promovido pela empresa PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. – Petrobras. O prêmio foi conquistado na categoria Graduação, dentro do tema Tecnologia de Refino e de Petroquímica, com o trabalho “Determinação Rápida de Parâmetros para Modelos de Coeficiente de Atividade”. O estudo foi desenvolvido nos laboratórios LASIM – Laboratório de Simulação e LVPP – Laboratório Virtual de Predição de Propriedades, do Departamento de Engenharia Química (DEQUI) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
  • 1º lugar no Desafio Nacional Chemtech/ControlSoft de Controle de Processos (2007). Equipe Vencedora: Guilherme Ramminger e Natália Klafke. Empresa Chemtech. Orientador: Prof. Jorge Otávio Trierweiler

  • Prêmio Petrobras de Tecnologia na categoria Graduação (2007). Aluna: Cristine Alessandra Kayser. Entidade: Petrobrás. Orientador: Prof. Jorge Otávio Trierweiler

  • Prêmio Destaque da Área de Controle e Otimização de Processos no I Congresso de Instrumentação, Controle e Automação da PETROBRAS (I CICAP), Rio de Janeiro, RJ (maio, 2008). Trabalho “Modelagem Dinâmica da Estação de Tratamentos de Despejos Industriais da REFAP usando o simulador EMSO” em co-autoria com Marco A. Muller, Luís Gustavo S. Longhi, Waldir Raupp de Assis, Karem Hamme Pádua, Marcos Antônio Gómez.

  • Prêmio de Excelência Distinção ao Jovem Orador no XVII Congreso Latinoamericano de Químicos y Técnicos del Cuero apoiado pela Union of Leather Technologists and Chemists Societies (IULTCS), concedido pela entidade suíça VESLIC – Association of Swiss Leather Chemists and Technologists no Rio de (outubro, 2008). Autoria de Aline Dettmer, orientada pelos professores Mariliz Gutterres e Nilson R. Marcílio.

  • Prêmio UFRGS – Jovem Pesquisador 2009 no XXI Salão de Iniciação Científica – XVIII Feira de Iniciação Científica – IV Salão UFRGS Jovem (outubro, 2009). Trabalho: “Comparação do desempenho de diferentes catalisadores de ZnO para a degradação fotocatalítica de Rodamina B”. Autoria da aluna de graduação MILENA MEYRER DA SILVEIRA em co-autoria com a Engª Juliana da Silveira Espindola, ambas orientadas pela Profª Drª Marla Azário Lansarin.

  • 2º colocado na categoria mestrado do Prêmio Nacional Braskem-ABEQ de Pós-Graduação – 8ª Edição. Trabalho: Avaliação da eficiência de pratos valvulados com downcomer e pratos dualflow em colunas de destilação industriais. Autoria de Tito L. Domingues e orientação da Profa. Talita F. Mendes.
  • 1° lugar no Prêmio PETROBRAS de Tecnologia de Refino e de Petroquímica 2006. Mestrando: Rafael de Pelegrini Soares. Orientador: Argimiro R. Secchi. Trabalho: “Desenvolvimento de um Simulador Genérico de Processos Dinâmicos”

  • 1º lugar Prêmio BRASKEM-ABEQ 2004. Mestrando: Rafael de Pelegrini Soares. Orientador: Argimiro R. Secchi. Trabalho: “Desenvolvimento de um Simulador Genérico de Processos Dinâmicos”

  • 1º lugar Prêmio BRASKEM-ABEQ 2003. Mestranda: Luciane da Silveira Ferreira. Universidades: Escola de Química / UFRJ em conjunto com o PPGEQ/UFRGS. Orientadores: Maurício B.de Souza Jr (UFRJ), Jorge O. Trierweiler (UFRGS) e Rossana O.M. Folly (UFRJ). Trabalho: “Investigação de um Sistema Fia-Biossensor de Lactose para Monitoração e Controle”. Este trabalho mostra que a parceria com outros grupos de pesquisa nacionais e internacionais tem sido bastante positiva para o PPGEQ.

  • 1º lugar Prêmio OPP-ABEQ 2001. Mestrando: Luciano André Farina. Orientadores: Jorge O. Trierweiler e Argimiro R. Secchi. Trabalho: “RPN-Toolbox: uma Ferramenta para o Desenvolvimento de Estruturas de Controle”

  • 1º lugar Prêmio OPP-ABEQ 2000. Doutorando: Luís Gustavo Soares Longhi; Universidades: COPPE / UFRJ em conjunto com o PPGEQ/UFRGS. Orientadores: Enrique Luis Lima (COPPE) e Argimiro R. Secchi (UFRGS). Trabalho: “Contribuição à Teoria de controle robusto não-linear e sua aplicação a processos químicos”. Este trabalho também é fruto de intercâmbio do PPGEQ com outros grupos de pesquisa nacionais e internacionais.

A parceria com o setor produtivo também tem trazido prêmios para o PPGEQ, como é o caso dos trabalhos:

  • 1° lugar no Prêmio de Melhor Desempenho Gaúcho das Bolsas BITEC 2004 (Bolsas de Iniciação Tecnológica) do IEL/SEBRAE/CNPq. Trabalho: “Implementação de Filtro de Kalman Estendido em uma Série de Reatores CSTR de Polimerização para Estimar Propriedades de Poliestireno Cristal”, onde o aluno Christiano Daniel Wetzel Guerra, orientado por Argimiro R. Secchi.

  • Prêmio Sant Jordi 2003 Al Merito Academico en la Industria Curtidora Mexicana. Trabalho: “Emprego de gas natural en curtumes para suprimento de demandas energéticas a partir do sistema de co-geração”, de Gutterres, M.; Schneider, P.S.; Vielmo, H.A.; Marcílio, N.R.; Danieli, R.; Conceição, recebido em Cancun em 2003.

  • Premiações a produtos desenvolvidos no PPGEQ-UFRGS: RPN-Toolbox, que em 2004 foi vencedor na categoria software do prêmio interno de inovação tecnológica da PETROBRAS. A versão do RPN-ToolBox, que concorreu ao prêmio, foi desenvolvida em parceria com a PETROBRAS e teve sua semente básica a dissertação de mestrado de Luciano André Farina. Sendo, posteriormente, ampliado através da dissertação de mestrado de Marcelo Farenzena, a qual incorporou quantificadores do grau de não-linearidade a ferramenta e, também, através da dissertação de mestrado de Marcelo Escobar foi complementada com ajuste de controladores PID-multivariáveis. Outro produto premiado foi o simulador EMSO, desenvolvido na dissertação de mestrado de Rafael de Pelegrini Soares, com o prêmio PETROBRAS de Tecnologia de Refino e de Petroquímica.