Me conta, o que mais tem na tua geladeira?…

É gente, nem parece mas verão chegou e ainda estamos com a vida nesse meio-compasso de espera, por conta de uma pandemia que parecia estar arrefecendo e voltou com tudo aos números anteriores tão logo colocamos nossas perninhas ao sol em novembro. Não sei se na casa de vocês tá igual, mas por aqui, estamos todas cansadas, emocional e fisicamente num ano que se arrastou, a gente tinha tantos planos que foram adiados, algumas de nós ficaram doentes, não puderam viajar para visitar a família, adiamos sonhos de eventos como formaturas, encontros, até mesmo uma pizza entre amigos. todo mundo achava que se a gente se comportasse direitinho, o vírus iria embora e poderíamos aproveitar o verão. entre tantas coisas, comer passou a ser uma questão relevante ( e continuar cabendo nas roupas também).

Mais do que estar em forma, com o peso x, ou comendo o alimento tal porque é moda ou porque dizem que faz bem à saúde, alimentação saudável é uma postura de vida. Muita gente se viu, ao longo do ano, desafiando pela primeira vez o forno e o fogão, descobrindo que fazer pão não é uma tarefa impossível, que comida saudável é a do dia a dia, arroz, feijão, legumes, verdura, ovos. Neste sentido, algumas pessoas se tornaram importantes aqui na nossa rotina e queremos partilhar com vocês, a nutricionista Sophie Deram (@sophiederam.br), uma francesa radicada no Brasil, que nos ajuda o prazer de comer com alegria, fugindo das dietas e mostrando que é possível ser saudável, mas sem dietas fit mirabolantes. Outra apresentadora que tem feito muito neste sentido é a Rita Lobo (@ritalobo), que tem programa na TV, canal no YouTube, livros publicados e faz tudo para nos ensinar que cozinha não é sinal de mesmice nem sacrifício; na cozinha de ambas tem muito legume, verdura, tem opção vegetariana sim, mas tem carne, tem sobremesas, pães, e até um drink para as noites de sexta. 

Nas dicas delas o principal conselho é comer comida de verdade, fugindo dos ultraprocessados, ou como diz a Rita, parafraseando outro autor maravilhoso que escreve sobre o tema, chamado Michael Pollan, comida é aquilo que a nossa vó reconheceria como comida.

Para saber mais sobre elas vale a pena visitar o canal de cada uma, o da Rita ee o site Panelinha https://www.panelinha.com.br/ e a Sophie tem um livro publicado, O Peso das Dietas, além do canal https://sophiederam.com/br/. o Michael Pollan, aquele jornalista americano que falamos acima tem uma série de livros sobre o tema, entre eles O Dilema do Onívoro, Regras da Comida, Cozinhar, alem de um site próprio, https://michaelpollan.com/ e uma serie/documentario na Netflix chamada Cooked. 

Esperamos, com essas dicas todas, inspirar vocês a se desafiarem a fazer escolhas melhores e mais saudáveis, mas esse texto não é um julgamento, tudo bem comer de vez em quando um hamburger ou se afundar num pote de sorvete (quem nunca???). Fiquem bem, se cuidem, cuidem dos seus amores e mantenham também a mente saudável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *