Rastreamento de contatos de pacientes de COVID-19 na Coreia do Sul é exemplo para o mundo.

O rastreamento eficaz dos contatos é crítico para o controle da disseminação da COVID-19. Autores sul-coreanos descrevem como foi realizado o programa de rastreamento de contatos da Coreia do Sul, considerado um exemplo mundial. Todos os pacientes de COVID-19 foram testados por RT-PCR.  

Um caso-índice era definido como o primeiro caso confirmado de COVID-19 em um grupo de pessoas. Familiares e profissionais de saúde que tiveram contato com o caso-índice eram rotineiramente testados.  Outros contatos só eram testados se o caso-índice fosse sintomático, mas permaneciam em quarentena por 14 dias e eram monitorados pela saúde pública duas vezes ao dia.

Foram monitorados 59.073 contatos de 5.706 casos-índice por uma média de 9,9 dias após a infecção pelo SARS-CoV-2 ter sido detectada. Um total de 11,8% dos contatos que compartilhavam a residência com casos-índice tiveram COVID-19. Entre os contatos que não moravam na mesma residência dos casos-índice, a taxa de detecção de infecção foi 1,9%. A maior detecção entre pessoas que compartilhavam a residência é reflexo do distanciamento social realizado. Medidas que protejam as pessoas dentro das residências devem ser adotadas para reduzir a transmissão do vírus.

Foi encontrada uma maior taxa de COVID-19 entre contatos que residiam na mesma casa com crianças em idade escolar, enquanto uma menor taxa foi encontrada entre contatos de crianças pequenas.

A atual estratégia de mitigação, que inclui distanciamento físico, é importante para a redução da COVID-19 nos âmbitos individual, familiar e comunitário.  A implementação de recomendações de saúde pública, incluindo higiene das mãos e etiqueta respiratória, deve ser incentivada.

FONTE: Contact Tracing during Coronavirus Disease Outbreak, South Korea, 2020. Young Joon Park et al. on behalf of the COVID-19 National Emergency Response Center, Epidemiology and Case Management Team. Emerg Infect Dis. 2020 Jul 16;26(10). doi: 10.3201/eid2610.201315.