Programa de Desenvolvimento de Gestores debate inovação na universidade

Inovação foi o tema do segundo encontro do Programa de Desenvolvimento de Gestores da UFRGS, que ocorreu nesta quarta-feira, 10 de abril. Durante toda a tarde, foram discutidos o papel da universidade na geração de inovações, a relação universidade-empresa, a importância do conhecimento na sociedade atual e os desafios da inovação no contexto da gestão pública. Os palestrantes foram o secretário de Desenvolvimento Tecnológico da UFRGS José Luis Duarte Ribeiro, o diretor do Parque Científico e Tecnológico da UFRGS (Zenit) Marcelo Soares Lubaszewski e o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Luís da Cunha Lamb. A mediação foi feita pela professora da Escola de Administração e diretora de Serviços e Projetos do Zenit Aurora Carneiro Zen.

Conforme destacou Aurora, o encontro foi norteado pela questão: “Como eu, como gestor público, posso pensar a inovação?”. É comum associamos inovação à tecnologia avançada, mas, segundo ela, o termo é bem mais abrangente: “Inovação é uma forma de fazer diferente. É um novo sistema que elimina o papel, que reduz custos, é um novo curso de graduação, de extensão, de pós-graduação. Inovação não pode ser pensada como uma coisa distante, que só a Apple e o Google fazem”.

Primeiro palestrante da atividade, Ribeiro abordou as ações de empreendedorismo, inovação e transferência de tecnologias existentes na UFRGS, como foco no trabalho da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico (Sedetec), que envolve a promoção da proteção da propriedade intelectual, a aproximação da universidade à sociedade e o estímulo ao empreendedorismo. “Inovação é o conhecimento que chega na sociedade”, enfatiza, lembrando que o ciclo de inovação inclui a pesquisa, o desenvolvimento e a aplicação e alertando para a necessidade de maior interação entre a comunidade universitária e as empresas.

Lubaszewski, por sua vez, apresentou a estrutura e as atividades do Parque Tecnológico da UFRGS e o seu papel no ecossistema de inovação da Universidade. Tendo entre suas principais ações a incubação de empresas, “o nosso foco é nesses novos empreendimentos e na conexão entre o conhecimento e o mercado, de forma a promover a inovação”, afirma. O diretor do Zenit falou ainda sobre os desafios para inovar em instituições públicas e como superá-los. A estrutura organizacional rígida, a falta de flexibilidade administrativa, a insegurança jurídica e a cultura da inovação ainda incipiente são alguns dos obstáculos. A superação, para ele, passa pelo trabalho em equipe, por repensar hierarquias, pelo foco na solução no lugar dos problemas, pela coordenação e pelo alinhamento de ativos e pelo estímulo de uma cultura de resultados e eficiências.

Por fim, Lamb trouxe reflexões sobre o papel central do conhecimento na sociedade contemporânea, o cenário econômico global e as mudanças que vêm se apresentando no mercado de trabalho. O secretário e professor do Instituto de Informática da UFRGS ressaltou ainda os potenciais do Rio Grande do Sul e de Porto Alegre para a inovação pelo conhecimento. “Temos universidades qualificadas, que produzem conhecimento com um potencial econômico muito significativo”, afirmou, destacando a necessidade de desenvolvimento de ambientes favoráveis para a geração de negócios e de a universidade se abrir para a sociedade. “Afinal, quem afere valor a nós é a sociedade”, enfatiza.

 

Programa de Desenvolvimento de Gestores

Com o objetivo de capacitar os gestores da Universidade de forma continuada e permanente, o Programa de Desenvolvimento de Gestores conta com uma série de ações voltadas ao desenvolvimento das competências governamentais, institucionais e gerenciais prioritárias para o desempenho das atividades e das responsabilidades inerentes à função que ocupam. Tendo como público-alvo dirigentes e vice-dirigentes da Administração Central e de unidades regionais e acadêmicas e servidores docentes e técnico-administrativos investidos em cargo de direção, função gratificada e função comissionada de coordenação de curso, a programaçãoconta com palestras, minicursos, mesas-redondas e oficinas, com atividades previstas para até junho de 2020. As inscrições para cada atividade ocorrem de forma independente e devem ser feitas pelo Portal do Servidor. Mais informações estão disponíveis site do Programa de Desenvolvimento de Gestores.

 

Fonte: SECOM/UFRGS