Definição:

É a alteração do regime de trabalho (20 horas, 40 horas ou Dedicação Exclusiva) de servidor docente (carreiras do magistério superior e 1º e 2º graus).

 

Documentação Necessária para instruir o processo:

  1. Requerimento do interessado, acompanhado de "Curriculum vitae", plano de trabalho e demais documentos pertinentes a análise pela CPPD.
  2. Declaração de cargos.
  3. Declaração de compatibilidade de horários aos que acumulam cargos, empregos ou funções.

 

Informações Gerais:

  1. A solicitação deverá observar as seguintes instâncias (na ordem abaixo):
    • avaliação departamental
    • homologação do conselho da unidade.
    • encaminhamento à CPPD (acompanhada de todas as atas correspondentes às instâncias decisórias acima).
  2. No regime de dedicação exclusiva o docente fica impedido de exercer outra atividade remunerada, pública ou privada, exceto nos casos previstos no art. 21 da lei 12.772/2012.

3. No regime de dedicação exclusiva o docente ficará obrigado a prestar 40 (quarenta) horas semanais de trabalho, em dois turnos diários e completos.

5. A alteração excepcional para o regime de 40h de trabalho, para o docente sob o regime de trabalho de 20 horas semanais, em decorrência de designação para função gratificada ou cargo de direção está diretamente vinculada a seu exercício, cessando imediatamente por ocasião da dispensa ou exoneração.

 

Previsão Legal:

  1. Artigos 14, 15 e 58 do Anexo ao Decreto nº 94.664, de 23/07/87.
  2. Artigos 5º, inciso I, alínea "a" e 10 da Portaria MEC nº 475, de 26/08/87.
  3. Decisão nº 93/98, do Conselho Universitário da UFRGS.
  4. Lei nº 12.772/2012.
  5. Decisão 193/2011, do Conselho Universitário da UFRGS.
  6. Decisão 71/1992, do Conselho Universitário da UFRGS.
  7. Decisão 473/2010, do Conselho Universitário da UFRGS.
  8. Decisão 122/2006, do Conselho Universitário da UFRGS.
  9. Decisão 93/1988, do Conselho Universitário da UFRGS.

 

FLUXO:

PASSOSETORPROCEDIMENTO
1ORIGEMAbre o processo no SEI.
2CPPDEnvia ao Gabinete do Reitor.
3GABINETEEncaminha às Pró-Reitorias conforme Portaria n° 2661, de 24/06/91.
4PROPESQAnalisa se necessário.
5PROGRADAnalisa.
6PROREXTAnalisa se necessário.
7CEPEAnalisa se necessário.
8CPPDAnalisa, decide e encaminha.
9GABINETEAnalisa a decisão da CPPD e se aprovada encaminha à PROPLAN; se indeferida, encaminha à origem para conhecimento.
10PROPLANAnalisa se há disponibilidade orçamentária.
11DCCAnalisa e, em caso de Dedicação Exclusiva, encaminha à DAF
12DAFAnalise e manifesta-se e faz a previsão quanto ao cálculo do tempo para aposentadoria.
13DCCConvoca o docente para assinar Termo de Compromisso e Declaração de Cargos (se esta não constar no processo); elabora a portaria de alteração de regime.
14GABINETEAssina o ato.
15DPRProvidencia a alteração no SIAPE (gera pagamento).
16DCRRegistra na pasta funcional.
17ORIGEMPara ciência ao interessado e conclusão do processo.

 

 

Voltar